Eduardo Riedel (PSDB) foi eleito governador de Mato Grosso do Sul com 56,90% dos votos válidos, na primeira eleição que disputou. Na mais acirrada disputa da história do Estado.

Eduardo Riedel (PSDB) foi eleito governador de Mato Grosso do Sul com 56,90% dos votos válidos, na primeira eleição que disputou. Na mais acirrada disputa da história do Estado.
Desempenha desde 1994 a função de diretor presidente da Sapé Agropastoril Ltda., empresa que atua na produção de carne bovina, cana-de-açúcar e grãos, em Maracaju (MS). Implementou modelo de gestão inovador, com enfoque na gestão de pessoas, avaliação de desempenho organizacional e participação nos resultados. Atualmente, a empresa adota o Modelo de Excelência de Gestão, baseado nos critérios da Fundação Nacional da Qualidade (FNQ).
Em 1999, ingressou na liderança do setor rural como diretor do Sindicato Rural de Maracaju, assumindo a presidência deste sindicato em 2002. Em 2006, foi eleito vice-presidente da Federação da Agricultura e Pecuária de MS (Famasul), assumindo a posição de presidente interino da entidade em janeiro de 2010. Em junho de 2012, foi efetivamente eleito, por unanimidade, presidente da Federação.
Em fevereiro de 2011, foi empossado presidente do Conselho Deliberativo do Sebrae/MS. Em janeiro de 2012 assumiu como diretor vice-presidente da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA).
Eduardo Riedel (PSDB) foi eleito governador de Mato Grosso do Sul com 56,90% dos votos válidos, na primeira eleição que disputou. Na mais acirrada disputa da história do Estado.